IAC comemora 130 anos de inovação em favor da agricultura paulista

Postado em: 19/05/2017 ás 10:40 | Por: Hélio Filho

Ciclo de eventos será realizado para comemorar 130 anos do IACO Instituto Agronômico (IAC), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, completa 130 anos de atividades em 2017. Para comemorar a data, será realizado um ciclo de eventos, entre os dias 27 e 29 de junho, com a presença do secretário Arnaldo Jardim, na sede do IAC em Campinas.

Criado em 27 de junho de 1887 pelo Imperador do Brasil Dom Pedro II, o IAC iniciou seus trabalhos para assistir tecnicamente o desenvolvimento da cafeicultura nacional. “Hoje 90% do café utilizado no Brasil e no mundo são ou provêm das cultivares do IAC, que se caracterizam pela elevada produção, ampla adaptação a diferentes regiões produtoras, resistência a pragas e doenças e excelente qualidade de bebida. Transferir essa tecnologia aos nossos produtores é uma das recomendações do governador Geraldo Alckmin”, ressaltou o secretário Arnaldo Jardim.

Além do centro de café, a estrutura do Instituto conta com 13 centros de pesquisa, sendo oito em Campinas e outros cinco nos municípios de Ribeirão Preto (cana-de-açúcar), Cordeirópolis (citros), Votuporanga (seringueiras e agroambientais) e Jundiaí (frutas, engenharia e automação). “Reunimos em nossas unidades 154 pesquisadores, 350 funcionários e 500 colaboradores, bem como alunos de pós-graduação nos cursos de Agricultura Tropical e Subtropical”, completou Sérgio Morais Augusto Carbonell, diretor do IAC.

No campo da fitossanidade, o IAC participa do melhoramento de plantas buscando resistência a pragas e doenças, para aumento de produção, sustentabilidade ambiental e viabilidade econômica. O Agronômico e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) são as únicas instituições que mantêm quarentenários ativos. “A quarentena de plantas é uma questão de segurança nacional”, disse.

Todas as questões relacionadas ao meio ambiente, à ética e à capacidade de inovação tecnológica tornaram o Instituto líder na pesquisa responsável, com competência para prever e atender demandas do agronegócio. “Será um importante dia de comemoração para toda a população do Estado de São Paulo e do Brasil”, enfatizou Carbonell.

A comemoração dos 130 anos do IAC contará com o “7º Workshop em Bioeconomia: óleos essenciais, plantas aromáticas e medicinais”, coordenado pela pesquisadora Marcia Ortiz Marques (IAC), pelo pesquisador colaborador da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Pedro Melillo de Magalhães, e pelo diretor de Ciência e Tecnologia da Givaudan do Brasil, Maurício Cella.

O curso faz parte do Projeto de Políticas Públicas em Bioeconomia (PPPBio), conduzido pelo Agropolo Campinas-Brasil, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). As inscrições poderão ser realizadas, em breve, por meio do site: http://www.agropolocampinasbrasil.org.

Por: Beatriz Pinheiro

Foto: Hélio Filho

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: