Incremento à produção de cacau em SP é tema de reunião na SAA

Postado Em: 19/05/2022 - 09:00 | Autor: Assessoria de Comunicação

Com a presença do secretário de Agricultura, Francisco Matturro, encontro debateu a produção do fruto no Estado e o Projeto Cacau SP da CATI

 

Francisco Matturro, secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado, e o subsecretário Orlando Castro receberam, nesta quarta-feira (18/05), a gestora de Assuntos Institucionais da ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas), Maria Luiza Camargo, e a diretora executiva da AIPC (Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau), Anna Losi. No encontro foi debatida a evolução da produção de cacau em São Paulo. Estiveram presentes também os engenheiros agrônomos da CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) Ricardo Pereira, Andrey Vetorelli e Fernando Migueletti.

As propostas de incremento à produção da Secretaria são focadas em ações transformadoras para os produtores de São Paulo. “Esse é o compromisso da Secretaria de Agricultura. Além de possibilitarmos uma melhora na qualidade de vida na região, a produção torna-se mais sustentável”, comentou o secretário Francisco Matturro.

Projeto Cacau SP

Idealizado pelo grupo técnico da CATI Regional de São José de Rio Preto, o projeto Cacau SP fomenta a produção do fruto por meio do Projeto Consórcio Cacau e Seringueira, também executado pela CATI, desde 2014. A produção em sistema de consórcio permite o fortalecimento das atividades agrícolas de forma sustentável, já que se trata de um cultivo integrado. O sistema ainda se utiliza da bananeira para sombreamento das mudas e mais uma alternativa de renda.

O projeto visa cinco frentes de atuação: Inovação, Tecnologia, Produtividade, Rentabilidade e Sustentabilidade. “A cacauicultura é uma atividade de alto valor econômico, com potencial para promover rápida amortização do capital investido e rentabilidade, com grande impacto no desenvolvimento sustentável nas áreas social, econômica e ambiental, nas regiões onde for instalada”, constatou o engenheiro agrônomo Andrey Vetorelli, da CATI Regional São José do Rio Preto, integrante do Grupo Técnico do Projeto Cacau SP.


ABICAB e AIPC

As associações presentes apresentaram propostas relacionadas à difusão de conhecimento sobre o cacau. Por meio de seminários em regiões próximas aos produtores e divulgação de conteúdo que informe a sociedade acerca da relevância da cacaicultura em São Paulo, a Secretaria e associações acreditam que podem contribuir para o avanço do cacau no estado.

Por GL

Assessoria de Imprensa

Fotos: GM