Instituto de Pesca no Aquaculture Europe 2023

Postado Em: 20/09/2023 - 12:48 | Autor: Assessoria de Comunicação

Está acontecendo em Viena (Áustria), de 18 a 21 de setembro, o Congresso Aquaculture Europe 2023: diversidade equilibrada no desenvolvimento da aquicultura, no qual o Instituto de Pesca (IP-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, está sendo representado pela pesquisadora científica e especialista em aquicultura e biologia celular, Claudia Maris Mostério, do Instituto de Pesca.

O congresso representa o capítulo Europeu da WAS (World Aquaculture Society) e destaca o potencial da aquicultura, com ênfase em práticas sustentáveis e que focam no bem-estar animal, assim como debate temas mundiais como os desafios que o setor tem diante das mudanças climáticas, colapso dos recursos naturais, segurança alimentar, dentre outros.

A expectativa é receber 2000 participantes, com 540 apresentações orais, além dos e-posteres inscritos. Também ocorrerão o Fórum da Indústria; Fórum da Inovação, com apresentação de pitches; um Seminário focado em produção de rações para peixes e muito mais!

Para Claudia, que atua no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Aquicultura do Instituto, “é uma experiência gratificante poder representar o Instituto de Pesca neste evento, trazendo resultados de pesquisas realizados no Laboratório de Cultivo Celular do IP. Agradeço especialmente a minha equipe de pesquisadores e estudantes e à FAPESP por me auxiliar nesse processo”.

Importância da Aquicultura para o mundo

Quando egípcios e chineses passaram a cultivar peixes em espaços confinados, há mais de 4 mil anos, eles não imaginavam que esta seria uma prática que hoje se tornou um dos setores de alimentos que mais crescem no mundo e em uma das soluções para minimizar o esgotamento dos recursos naturais e da fome mundiais.

A importância da aquicultura está no cultivo em ambientes controlados, o que possibilita o manejo e monitoramento dos organismos aquáticos e o uso adequado da água sem desperdício (recirculação), resultando na produção de alimentos de qualidade e na contribuição para a sustentabilidade do planeta.

Tal avanço e destaque são constatados pela taxa global de crescimento anual que gira em torno de 7%. De acordo com o Anuário 2023 Peixe BR da Piscicultura, o Brasil cultivou 860.355 toneladas de peixes em 2022, gerando cerca de R$ 9 bilhões em receita, tendo a tilápia como a espécie que mais se produz no país, sendo aproximadamente 63% do total nacional.

Instituto de Pesca

O Instituto de Pesca é uma instituição de pesquisa científica e tecnológica, vinculada à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que tem a missão de promover soluções científicas, tecnológicas e inovadora para o desenvolvimento sustentável da cadeia de valor da Pesca e da Aquicultura.

Por Gabriela Souza

Informações à imprensa
Instituto de Pesca
Núcleo de Comunicação Científica
Cel.: (11) 94147-8525
institutodepesca@sp.gov.br
www.pesca.sp.gov.br