IZ comemora Dia do Boi com pesquisas que geram carne de melhor qualidade, com menor custo e que produzem menos impacto ambiental

Postado Em: 24/04/2023 - 17:49 | Autor: Assessoria de Comunicação

Avanços tecnológicos, melhoria da produtividade e qualidade da bovinocultura possibilitaram que o Brasil se tornasse um dos maiores produtores de carne bovina no mundo

Comemorado nacionalmente em 24 de abril, o Dia do Boi é uma homenagem à pecuária brasileira, um dos setores produtivos mais importantes da economia nacional. Nessa data, conheça um pouco mais sobre como o Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, tem contribuído com o setor no decorrer de sua história centenária, adaptando e transferindo conhecimentos científicos e tecnológicos para a eficiência e sustentabilidade dos sistemas de produção de bovinos de corte.

Entre as contribuições do Centro Avançado de Pesquisa e Desenvolvimento de Bovinos de Corte do IZ para a bovinocultura brasileira, destaca-se o tradicional Leilão de Reprodutores e Matrizes IZ, que disponibiliza touros e matrizes com comprovado valor genético para características de crescimento. Na mesma Unidade, situada em Sertãozinho, o Laboratório de Fermentação Ruminal e Nutrição de Bovinos de Corte contribui com a eficiência alimentar dos animais, e possui tecnologia para avaliação do que ocorre dentro do rúmen, permitindo a otimização da fermentação ruminal com uso de aditivos que tornam a fermentação mais eficiente, diminuindo as emissões do metano entérico.

Além de contribuir com o pecuarista, as pesquisas garantem carne de melhor qualidade e menor custo para o consumidor. Bezerros oriundos de touros selecionados crescem mais rápido, aproveitam melhor o pasto e são abatidos mais jovens, garantindo carne mais macia e mais barata.

De acordo com a diretora do CAPD Bovinos de Corte, Maria Eugênia Z. Mercadante, as pesquisas têm o foco na produção sustentável da carne. “Nossas pesquisas visam não apenas aumentar a produtividade, mas também diminuir os impactos ambientais”, diz.

Com pesquisas relacionadas a melhores resultados na reprodução, eficiência alimentar, e redução da emissão de gases de efeito estufa, o Centro consegue transferir conhecimentos científicos e tecnológicos para melhorar a sustentabilidade da produção de carne bovina.

Por Alexandra Cordeiro