IZ promove treinamento em métodos de diagnóstico e controle de brucelose e tuberculose, doenças graves que acometem o gado

Postado Em: 24/05/2024 - 12:18 | Autor: Assessoria de Comunicação

Inscrições estão abertas e vão até 03 de junho; participe

 

O Instituto de Zootecnia (IZ-Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, realizará, entre os dias 03 e 07 de Junho, o “Treinamento em métodos de diagnóstico e controle de brucelose e tuberculose animal e de noções em encefalopatias espongiformes transmissíveis”. O evento, coordenado pelos pesquisadores Weber Vilas Bôas Soares, diretor do CPD Bovinos Leiteiros do IZ, e Vera Cláudia Lorenzetti Magalhães e Adriana Hellmeister Romaldini, do Instituto Biológico (IB-Apta), tem por objetivo capacitar e habilitar médicos veterinários junto ao Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) para o diagnóstico de brucelose, tuberculose e das encefalopatias espongiformes transmissíveis, segundo normas do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose (PNCEBT/MAPA).

Responsável pela queda no desempenho produtivo dos animais, a tuberculose pode levar o animal a óbito, sendo que, quando a doença é identificada, existe a obrigatoriedade do sacrifício dos indivíduos acometidos e condenação de carcaça no abate. Já a brucelose pode causar abortos, nascimentos prematuros, esterilidade e baixa produção de leite, prejudicando os índices produtivos. As duas doenças são consideradas zoonoses importantes que podem ser transmitidas aos humanos, afetando a saúde pública. A brucelose pode provocar aborto em mulheres gestantes, enquanto a tuberculose causa fraqueza, emagrecimento e, em alguns casos, pode levar a óbito.

Visando a erradicação destas doenças, o MAPA criou, em 2001, o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal (PNCEBT). Apenas profissionais aprovados em cursos de treinamento previamente reconhecidos pelo Ministério podem atuar junto ao programa de certificação de propriedades livres das enfermidades.

A capacitação também inclui o treinamento dos profissionais no reconhecimento e coleta de material adequado para o diagnóstico das Encefalopatias Espongiformes Transmissíveis (EETs), dentre as quais, a chamada “Doença da Vaca Louca”.

O treinamento abordará conceitos de tuberculose e brucelose bovina e bubalina, propriedades dos testes de diagnóstico e sua aplicação em função da situação epidemiológica, encefalopatias espongiformes transmissíveis e normas e procedimentos do PNCEBT. Também serão realizadas práticas de coleta de sangue e tuberculinização, diagnóstico laboratorial de brucelose e prática de encefalopatias espongiformes transmissíveis (coleta de material).

Serviço

Treinamento em métodos de diagnóstico e controle de brucelose e tuberculose animal e de noções em encefalopatias espongiformes transmissíveis

Data: 03 a 07 de junho de 2024, das 08 às 18h

Local:  Instituto de Zootecnia - Centro de Pesquisa de Bovinos Leiteiros

(Rodovia Luiz de Queiroz, Km 123, s/n - Bairro da Lagoa, Americana-SP)

Inscrições: até 03 de junho, em http://eventos.fundag.br/events/15898571-1d8c-4f0d-95b2-ffacddd0a16c

Investimento: R$1500,00