Levar conectividade ao campo é tema de reunião na Secretaria de Agricultura

Postado Em: 16/05/2023 - 13:23 | Autor: Assessoria de Comunicação

Com o objetivo de ampliar o acesso dos agricultores às inovações tecnológicas e à internet, instituições públicas e privadas que atuam no desenvolvimento rural, o Grupo de Políticas Públicas – GPP e Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - ESALQ, apresentaram na manhã desta sexta-feira (12), na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, ao secretário executivo Marcos Renato Böttcher, um suporte à elaboração do plano de ampliação da conectividade para o agro paulista e apoio no desenho de estratégias de financiamento.

“O governador Tarcísio pediu e a gente vai começar a elaborar o projeto para levar internet ao campo no território paulista. Muitos produtores necessitam do sinal para melhorar a qualidade vida e gerar mais renda. O nosso foco é que São Paulo tenha o agro cada vez mais moderno, produtivo e sustentável”, disse o secretário executivo.

Para levar acesso à internet ao produtor rural em todo o território paulista é necessário realizar um levantamento e sistematizar informações de políticas públicas para ampliação do sinal de internet e analisar o potencial de aplicabilidade nas regiões com demanda, mapear a demanda estadual e o contexto regional, traçar um perfil produtivo dos agricultores, mapear vazios geográficos no território paulista e caracterização territorial, e promover estratégia de articulação com esfera federal com o Ministério das Comunicações e Anatel.

O apoio ao desenho do processo será com recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST) e outras linhas existentes.

Participaram ainda da reunião o coordenador de Relações Institucionais, José Luís Fontes, o coordenador da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios – APTA, Carlos Nabil, o coordenador da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI, Francisco Martins, a coordenadora do Programa Rotas Rurais, Priscilla Fagundes, a coordenadora de Assuntos Estratégicos da Secretaria, Cris Murgel e o engenheiro agrônomo e pesquisador da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz – ESALQ, Rodrigo Fernando Maule.

Por Eduardo Cruz