Startup apresenta modelo de compartilhamento sustentável de maquinário agrícola à Secretaria de Agricultura de SP

Postado Em: 11/04/2024 - 17:15 | Autor: Assessoria de Comunicação

Aumento da produtividade e diminuição de falhas estão entre os benefícios da automação no campo.

 

 

Para reduzir o uso de mão de obra e oferecer apoio ao pequeno produtor, a startup Maq33 apresentou uma solução tecnológica por meio da plataforma desenvolvida pela empresa, que gerencia a locação de máquinas agrícolas entre os produtores rurais. O Diretor de Operações da Companhia, Wagner Tadeu, foi recebido pelo secretário executivo de Agricultura e Abastecimento de SP, Edson Fernandes, e pela chefe de gabinete, Luciana Tucoser, que reforçaram a necessidade de oferecer apoio aos produtores rurais que não possuem maquinário e muitas vezes precisam por pequenos períodos.

A plataforma conecta quem tem a quem precisa, permitindo que, com isso, minimizem-se os investimentos e custos fixos, além de oferecer prestação de serviços com a disponibilidade do equipamento que está sem uso no mesmo período, se tornando uma atividade rentável no campo.

As vantagens vão além da economia de tempo que a máquina oferece, mas também o desenvolvimento da agricultura com as técnicas corretas de manejo das culturas. O valor cobrado pelo aluguel varia conforme o tamanho da lavoura e pode ser feito pelas horas trabalhadas ou também pela quantidade de hectares colhidos. “Hoje quem precisa de maquinário e não tem condição de comprar, muitas vezes necessita por algumas horas. Em meio período a máquina já resolve. Essa estratégia é benéfica, principalmente, aos pequenos e médios produtores, que ganham tempo e melhoram sua produtividade com o uso de máquinas e implementos agrícolas”, reforça Edson Fernandes.

A sugestão da SAA é de estudar o modelo de gestão para trabalhar juntamente com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), e conectar os produtores ao sistema, em determinada região, com o objetivo de ser um projeto piloto e posterior inclusão em programas da Pasta. Para isso, será realizado um novo encontro entre as partes interessadas para a apresentação da estratégia à Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP.